Flu x Scarpa: audiência hoje pode resolver impasse!

Neste segunda-feira (16), na 70ª vara do Trabalho do Rio de Janeiro, à partir das 11:15h, acontecerá a audiência do caso Fluminense x Scarpa. O jogador que estava no Palmeiras, teve seu contrato com o Verdão suspenso até a decisão final do processo.

O processo pode não chegar a um desfecho hoje, isso porque, a juíza do caso, Dalva Macedo tentará chegar a uma conciliação entre as partes. Porém, como até hoje, clube e jogador não chegaram a um acordo, a juíza deverá solicitar uma outra data para que ela dê sua decisão final.

Scarpa, que já estava atuando no Palmeiras, teve a sua liminar que permitia que ele atuasse no Verdão derrubada. Dessa forma, a um mês o jogador está atuar. O jogador tentou recorrer da decisão do Tribunal Regional do Trabalho, mas teve seu pedido negado. Desde então, Scarpa é jogador do Fluminense.

Pelo Palmeiras, Scarpa chegou a atuar em 8 jogos e marcou dois gols, ambos na vitória de 3×0 do time contra o Ituano, pelo Campeonato Paulista.

Entenda o caso 

No fim da temporada passada, Scarpa tentou sair do Fluminense por conta de salários atrasados. Na época, São Paulo, Corinthians e Palmeiras tentavam a negociação com o jogador.

Como o Fluminense não dispensou o jogador, no dia 22 de Dezembro, Scarpa entrou na justiça do trabalho contra o clube alegando atrasos de direitos de imagem (quatro meses) e pagamento de FGTS (seis meses) e solicitando que a juíza desse o pedido de rescisão antecipado.

No dia 03 de Janeiro, Scarpa não se reapresentou no CT das Laranjeiras junto com os demais atletas. O Fluminense até então, não sabia que o atleta havia processado o clube, e temendo que esse “sumiço” do jogador já fosse um indício de uma ação judicial, fez o pagamento de alguns atrasados.

O pedido de rescisão antecipada foi negada pela juíza, no dia 12 de Janeiro. No dia seguinte, os advogados do atleta entraram com um mandado de segurança na segunda instância e o juiz do pedido, deu parecer favorável ao atleta.

Dia 15 de Janeiro, Scarpa assinou contrato com o Palmeiras de cinco anos. Assim que o atleta foi anunciado, o Fluminense entrou com um recurso para cassar a liminar, fato que foi concretizado no dia 15 de Março. O jogador teve seu contrato com o Palmeiras anulado, e foi reintegrado ao elenco do Fluminense para cumprir o restante do contrato.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *